Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Vereadores sugerem abertura dos CMEIs no período de férias escolar

Vereadores sugerem abertura dos CMEIs no período de férias escolar

por Rafaella Maier publicado 07/03/2017 16h10, última modificação 07/03/2017 16h10
Vereadores sugerem abertura dos CMEIs no período de férias escolar

Na Ordem do Dia, os vereadores votaram 13 Projetos de Lei

    A Sessão Ordinária do dia 06 de março transcorreu com muitos comentários e discussões acerca da secretaria municipal de saúde. Na Ordem do Dia, 13 projetos de lei foram apreciados e aprovados. Na palavra-livre, os vereadores discorreram sobre vários assuntos e na Tribuna Popular, o Secretário Municipal de Saúde, Agostinho Vanderlei Basso explanou sobre as ações da pasta.

    Os vereadores apresentaram 22 indicações e um requerimento ao Executivo. As indicações foram em sua maioria para melhorias nos pontos de ônibus da cidade, estudos para implantação de travessias elevadas em diversos pontos, readequação das rotatórias do município, melhorias gerais na área rural e urbana, etc. Foi bastante comentada também a indicação nº 013/2017 do vereador Valdenei Cabral da Silva, que sugeriu estudos para abertura dos CMEIs no período de férias. “Atualmente, essas unidades de ensino paralisam suas atividades durante as férias escolares, criando dificuldades para os pais que precisam trabalhar e não tem com quem deixar as crianças. Como solução para esse problema, sugeriu-se a contratação de mais funcionários, ou que seja adequada a escala de horário de trabalho dos funcionários para que se extinga as férias nos CMEIs fazendo com que essas unidades funcionem o ano inteiro, sem paralisação”. O requerimento nº 002/2017, também bastante enaltecido pelos vereadores solicitou informações sobre a previsão de fornecimento do uniforme escolar para os alunos da rede pública municipal de ensino.

    Durante o expediente, o Presidente Helio de Mello atendendo o ofício recebido da Secretaria Municipal de Planejamento, indicou para compor o Conselho Municipal da Cidade – CONCIDADE, os vereadores José Bodnar e Edson Luís Elias como titular e suplente.

ORDEM DO DIA

    Em segunda votação foram analisados e aprovados os Projetos de Lei nº 002, que autoriza o Executivo a conceder subvenção ao Provopar Municipal de Irati e os pls nº 006, 007 e 008/2017, que autorizam o Executivo a receber, em reversão, imóvel que especifica.

    Já em primeira votação foram aprovados os pls do executivo nº 018/2017, que altera o art. 1º da Lei nº 4125 de 27 de abril de 2016 para inclusão de um barracão com área de 506,00 m², que se encontra assentado no imóvel; nº 019/2017, que autoriza o Executivo a receber em reversão imóvel pertencente a empresa RCD Engenharia Ltda; nº 020/2017, autoriza o Executivo a contratar concessão de direito real de uso de bem municipal com a Construtora Cathio Ltda; nº 021/2017, autoriza o Executivo a contratar concessão de direito real de uso de bem municipal com a empresa Andgelo Girardi Anciutti – ME; nº 022/2017, autoriza o Executivo a contratar concessão de direito real de uso de bem municipal com a empresa R. A. Execuções Ltda – ME; nº 023/2017, autoriza o Executivo a contratar concessão de direito real de uso de bem municipal com a empresa Danilo Augusto Zarpellon – ME; nº 024/2017, autoriza o Executivo a contratar concessão de direito real de uso de bem municipal com a empresa Jorge Conrado Hilgemberg Filho – ME e o nº 025/2017, autoriza o Executivo a receber em doação área de terreno correspondente a 2.512,80 m², pertencente ao senhor Ademar Rebesco, para abertura de rua.

     Do Legislativo também foi aprovado em primeira votação com Emenda Modificativa, o PL nº 001/2017 de autoria do vereador Rogério Luís Kuhn, o qual cria a ferramenta de transparência das despesas do município denominada “Veja Irati”. Conforme Kuhn, a propositura pretende gerar mais transparência. “Com a lei aprovada, o executivo terá obrigação de disponibilizar mensalmente a arrecadação do município, todas as despesas e gastos, a forma de pagamento, o saldo mensal e o acumulado, entre outras informações. Uma ferramenta de fácil e rápido  acesso sobre a maior empresa iratiense, o executivo”, declarou.  

PALAVRA-LIVRE

     O vereador Nivaldo Bartoski relatou sobre as visitas feitas junto dos colegas de casa em sete postos de saúde do interior, mencionando as dificuldades de cada um deles, chamando a atenção para o postinho de Faxinal dos Neves, onde a empresa terá que ser notificada pelas falhas na obra de reforma. O vereador agradeceu também ao Secretário de Viação e Serviços Rurais, Anselmo Stadykoski pelo excelente trabalho que vem realizando. “Sabemos que ainda faltam máquinas para atender a demanda do município, mas vemos um grande esforço por parte do secretário. Tenho percorrido todas as estradas do interior fiscalizando e o trabalho está acontecendo”, destacou Bartoski afirmando que os donos das cascalheiras também estão sensibilizados e garantiram que se for para fazer estradas, doam o cascalho. “Temos infraestrutura, é só querer fazer e abraçar a causa”.

    O vereador José Bodnar solicitou subvenção por parte do executivo para três importantes entidades iratienses, Clinica Renal Iraty, Anapci e Comunidade Bethânia. De acordo com ele, a Clínica Renal atende atualmente 85 pacientes, sendo 45 de Irati, e o restante da região. Cada município tem sua parte de contribuição para o lanche dos pacientes, apenas Irati não contribui. “O pedido de subvenção é para o lanche que custa por dia R$ 5,00 por pessoa, como são 45 pacientes, soma-se o total de R$ 225,00. No mês custa R$ 2.700,00 e no ano R$ 32.400,00 que é o que estamos solicitando para a Prefeitura”. Já em relação a Anapci, o vereador solicitou uma subvenção no valor de R$ 40.000,00 para cobrir despesas de aluguel, água luz, telefone, etc. “A Associação gasta de aluguel no ano o valor de R$ 31.200,00, portanto, esta subvenção ajudaria a cobrir as despesas mensais desta importante entidade”. Sobre a Comunidade Bethânia, que resgata jovens dos vícios, a entidade atende hoje 12 internos, o custo diário por cada um é de R$ 150,00 obtendo um gasto mensal de R$ 1.800,00 por mês, somando no ano R$ 21.600,00 “valor solicitado à administração para manutenção do atendimento aos internos”. Antes de concluir, Bodnar ainda citou a conversa com o prefeito municipal sobre a data-base do funcionalismo público. “Solicitamos o pagamento de 16,78%, sendo 10% da gestão anterior e mais 6,58% do data-base deste ano. O prefeito garantiu a reposição em abril do data-base deste ano”.

      O vice-presidente da Casa, Roni Surek destacou a indicação de sua autoria nº 021/2017, sugerindo que todas as rotatórias da cidade sejam readequadas, como já ocorreu na rotatória localizada na confluência das Ruas 19 de Dezembro e XV de Julho, ampliando a segurança dos condutores de veículos. Destacou também as visitas nos postos de saúde do interior feitas pela Comissão de Saúde, Educação e Assistência Social, afirmando que elas terão continuidade e serão estendidas também as escolas municipais, tanto da área rural como urbana. Outro assunto abordado por Roni foi em relação a reunião realizada na manhã do dia 06 com a ONG SOS Amigo Bicho, a qual relatou a grande dificuldade financeira pela qual vem passando. “O valor de R$ 35 mil repassado pela Prefeitura não cobre todas as despesas de combustível, procedimentos médico-veterinários, alimentação dos animais, entre outros gastos”, lamentou o vereador que buscará junto a ONG outras alternativas para custear as despesas. Surek também agradeceu pelo final de semana marcante em Almirante Tamandaré ao lado de Ex-seminaristas e Freis do Seminário Santa Maria de Irati.

     O Presidente Helio de Mello afirmou que a frase que se escuta no interior hoje é “agora vai”. A frase demonstra o contentamento da população em relação ao trabalho que está apenas começando. “Na estrada de Gonçalves Júnior até o Itapará o trabalho está de tirar o chapéu. Parabéns a equipe pela competência e ao prefeito por colocar pessoas certas no lugar certo”. Conforme Mello, já teve início também a operação tapa-buraco no trecho que “chamamos de asfalto” que liga Irati a Gonçalves Júnior. “Esta Casa de Leis aprovou no ano passado o valor de R$ 500 mil da esfera federal para execução desta obra, a qual não pode ser realizada por tratar-se de ano eleitoral. O dinheiro ficou na conta e agora a Câmara aprovou novamente o valor, que será finalmente aplicado neste importante trecho”. O Presidente também convidou a todos para participar do Paraná Cidade, que vai ocorrer em Irati nos dias 8 e 9 de março no Pavilhão de Exposições do Parque Aquático, o qual vai oferecer serviços gratuitos a toda a população, como a confecção de carteiras de identidades, por exemplo.  Sobre a Reforma da Previdência, Helio solicitou o encaminhamento de ofício por esta Casa a todos os deputados federais e senadores do Paraná, manifestando votos de repúdio com relação a reforma da previdência rural, solicitando que os representantes locais se posicionem de forma contrária “a esta sacanagem que estão fazendo com os nossos agricultores”.   

TRIBUNA POPULAR

     Na Tribuna, o Secretário Municipal de Saúde, Agostinho Vanderlei Basso fez uma breve prestação de contas sobre a situação encontrada durante a transição de governo, sobre as ações já concretizadas durante este curto período de tempo e os projetos e metas a serem realizados daqui para frente a curto prazo.

Acompanhe a Sessão Ordinária completa, com os discursos dos parlamentares na íntegra, no site www.irati.pr.leg.br através do ícone “Sessões Gravadas”.

(Assessoria Câmara Municipal de Irati)

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

NAVEGUE AQUI