Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Vereadores criam Comissão Especial de Inquérito para investigar possíveis irregularidades na Administração

Vereadores criam Comissão Especial de Inquérito para investigar possíveis irregularidades na Administração

por Administrador publicado 07/04/2016 10h02, última modificação 07/04/2016 10h02
Vereadores criam Comissão Especial de Inquérito para investigar possíveis irregularidades na Administração

A Sessão Ordinária foi prestigiada por alunos dos cursos técnicos do Colégio Estadual Duque de Caxias

      Na Sessão Ordinária do dia 04 de abril, 12 projetos de leis do Executivo e Legislativo foram apreciados e votados, com um pedido de vistas aprovado. Os vereadores também apresentaram 10 requerimentos, com destaque para a criação de Comissão Especial de Inquérito para investigar supostas irregularidades praticadas pela Administração, através da Secretaria de Serviços Urbanos. Na palavra-livre, o vereador José Renato Kffuri chamou a atenção para o grave problema dos focos de dengue no município.

    O requerimento para criação de Comissão Especial de Inquérito assinado pelos vereadores Amilton Komnitski, Emiliano Gomes, Rafael Felipe Lucas e Wilson Karas pretende investigar fatos que envolvem denúncias amplamente divulgadas, onde supostamente o vice-prefeito, Oscar Renato Berger, teria infringindo a Lei solicitando a realização de serviços com funcionários e maquinários públicos em propriedade particular. Diante da possibilidade de ocorrência de ilicitude na conduta de agentes políticos, a CEI realizará completa investigação, respaldada em fotografias, vídeos, reportagens, denúncias em redes sociais e ofício protocolado pelo Observatório Social de Irati. O Presidente Vilson Menon, irá indicar na próxima Sessão, os vereadores que irão integrar a Comissão Especial.  

ORDEM DO DIA

2ª VOTAÇÃO

       Na Ordem do Dia, em segunda votação foram aprovados por unanimidade de votos os projetos de leis nº 018/2016, que autoriza o Executivo a abrir Crédito Adicional Especial na importância de até R$ 527.500,00; nº 032/2016, autoriza o Executivo Municipal a conceder premiação ao Concurso Musical “Ira Rock 2016” – 4ª Edição; nº 033/2016, autoriza o Poder Executivo Municipal a abrir um Crédito Adicional Especial na importância de até R$ 30.500,00 e o nº 037/2016, autoriza o Poder Executivo Municipal a abrir um Crédito Adicional Especial na importância de até R$ 243.000,00. Do Legislativo também foram aprovados os PLs nº 003/2016, que institui no âmbito do município de Irati a Semana Municipal do Empreendedorismo e Inovação; nº 004/2016, denomina a Rua “A”, no Loteamento Alto da Glória I, de Rua Pedro Choma Junior e o nº 005/2016, que denomina a Rua “B”, no Loteamento Alto da Glória I, de Rua José Maria de Camargo.

1ª VOTAÇÃO

         Foram aprovados por unanimidade de votos os Projetos de Leis nº 034/2016, que autoriza o Executivo a abrir Crédito Adicional Especial na importância de até R$ 245.000,00; nº 041/2016, autoriza o Executivo a abrir um crédito adicional especial na importância de até R$ 260.000,00 e o nº 042/2016, que autoriza o Executivo a abrir Crédito Adicional Suplementar na importância de até R$ 86.000,00. O Projeto de Lei nº 036/2016, que autoriza o Executivo a abrir um Crédito Adicional Especial na importância de até R$ 500.000,00 foi aprovado por nove votos contra o do vereador Emiliano Gomes, que afirmou não ter recebido a planilha solicitada detalhada do executivo conforme solicitado na semana anterior.

       O Projeto de Lei nº 040/2016, que cria o Conselho Municipal de Políticas para Mulheres, a Conferência Municipal de Políticas para Mulheres e o Fundo Municipal de Política para Mulheres teve pedido de vistas solicitado pelo vereador Rafael Felipe Lucas aprovado.

PALAVRA-LIVRE

       O vereador José Renato Kffuri discorreu sobre o trabalho da Guarda Municipal no município, “estou recebendo muitas reclamações de pessoas que estão sendo multadas por guardas municipais, que ficam escondidos no trânsito. Peço ao Executivo que tome providências em relação a esta situação, e que seja feito um trabalho de conscientização abertamente junto à população, que está sendo prejudicada”.

      Outra situação apontada por Kffuri foi em relação as visitas domiciliares de prevenção aos focos de dengue, que estão sendo realizadas em um ou dois minutos, conforme as planilhas apresentadas. “Que tipo de visitas são essas. Algo está errado”. Ainda conforme Kffuri, de acordo com a 4ª Regional de Saúde, as visitas municipais não estão atendendo as diretrizes de combate ao vetor, ou seja, pontos estratégicos estão deixando de serem fiscalizados. “Há registros de 1387 focos de dengue em apenas uma residência, estamos em situação de calamidade no município”, destacou o vereador solicitando que seja encaminhado ofício ao chefe da 4ª Regional de Saúde, João Antonio Almeida, para que o mesmo faça uso da Tribuna e possa esclarecer os registros de focos e casos de dengue em Irati.

Acompanhe a Sessão Ordinária completa, com as discussões dos parlamentares na íntegra no site www.irati.pr.leg.br através do ícone “Sessões Gravadas”.

(Assessoria Câmara Municipal de Irati)

 

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

NAVEGUE AQUI