Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Vereadores aprovam subvenção à APAE de Irati

Vereadores aprovam subvenção à APAE de Irati

por Administrador publicado 28/04/2015 15h51, última modificação 28/04/2015 15h51
Vereadores aprovam subvenção à APAE de Irati

Vereadores desabafam na palavra-livre sobre diversos temas

        A 11º Sessão Ordinária realizada no dia 27 de abril dispôs de muitos ofícios no Expediente e poucos projetos na Ordem do Dia. A palavra-livre foi utilizada por quatro vereadores, que discorreram sobre diversos temas.

       No expediente, respostas de pedidos de informação foram lidas, além de dois novos Projetos de Lei do executivo nº 037/2015, que dispõe sobre as Diretrizes para Elaboração do Orçamento do Município de Irati para o exercício financeiro de 2016, e dá outras providências e o nº 038/2015, que autoriza o Executivo Municipal a abrir um crédito adicional especial na importância de até R$ 120.000,00.

      As solicitações por parte do Legislativo foram para a área da saúde, pedindo que sejam disponibilizados maior número de profissionais nas áreas médicas e odontológicas nas comunidades do interior; melhorias nas estradas rurais de diversas localidades; estudos para elaboração de um projeto para posterior construção de um Estádio no bairro Vila São João, através de emenda federal; estudos para confecção de lei municipal fixando limite máximo de alunos por sala de aula nos estabelecimentos de Ensino de Irati; criação do Portal das Obras Municipais na internet; estudos para a formulação do Plano Municipal de Desenvolvimento Estratégico de Irati; criação do Instituto de Pesquisa e Ordenamento Urbano de Irati; pedidos de informações sobre serviços de manutenção, como capina e limpeza de bueiros no bairro Vila São João e ainda solicitou-se um álbum completo, já com as respectivas figuras, da Campanha “Nota Legal” para apreciação dos Vereadores, visto que a campanha teve início no dia 17 de abril.

ORDEM DO DIA

           Em segunda votação foram apreciados os projetos de lei nº 028/2015, que autoriza o poder executivo municipal a conceder subvenção a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Irati, no valor de R$ 40.000,00 e o nº 008/2015 do vereador Rafael Felipe Lucas, que institui a “Semana Municipal de Incentivo ao Uso Racional e Sustentável da Água”, no município de Irati.

      Já em primeira votação foram analisados os Projetos de Lei nº 009/2015, do vereador Rafael Felipe Lucas, que dispõe sobre a obrigatoriedade dos hospitais públicos e privados e instituições congêneres a notificarem ocorrências de uso de bebida alcoólica e/ou entorpecentes por crianças e adolescentes e dá outras providências e o Projeto de Resolução nº 001/2015, que institui o Código de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal de Irati- PR.

        Todos os projetos, em ambas as votações, foram apreciados e aprovados.

PALAVRA-LIVRE

       Nivaldo Bartoski agradeceu a secretaria de esportes pela reorganização após as enchentes, pois segundo ele, hoje o atendimento no local ficou excelente. O vereador também agradeceu aos vereadores pelo período que esteve na Casa. “Agradeço ao Presidente Vilson Menon, ao Partido dos Trabalhadores pela oportunidade e deixo a Câmara de cabeça erguida, pois cumpri com o meu papel”, frisou Nivaldo solicitando mais apoio para a agricultura, “a nossa cidade é extremamente agrícola”. Bartoski afirmou ainda, que na próxima semana estará entregando um relatório completo sobre as maiores necessidades da cidade ao governo federal.

        Valdenei Cabral da Silva falou sobre o tema segurança. “Recentemente muitos acidentes vêm sendo registrados nas BRs e PRs, está na hora dos governos darem mais atenção às estradas. A PR que liga Irati a Inácio Martins, Serro do Leão, está muito perigosa, há cerca de um ano, um trecho está funcionando em meia pista, prejudicando e colocando em risco a vida dos motoristas”, alerta o vereador pedindo ao Departamento de Estradas e Rodagens que olhe com carinho esta situação para evitar tragédias futuras.

      Rafael Felipe Lucas discorreu sobre os seus requerimentos que tratam do Plano Municipal de Desenvolvimento Estratégico para Irati, que segundo ele, é um instrumento de gestão para que possamos conciliar o planejamento com o Plano Diretor da cidade. “Temos que começar a pensar a cidade para frente para 50 anos, chega de apagar o fogo toda hora. Temos que planejar a cidade que vivemos. Peço que iniciemos essa discussão”. Lucas também citou o Programa Vivendo nos Bairros que por muitos anos envolveu centenas de iratienses, trazendo grandes resultados. “Hoje, infelizmente o Programa encontra-se desativado. No início de 2013, o Presidente Vilson fez um pedido para que o programa voltasse a funcionar, a secretaria prometeu, mas até agora nada. Há uma série de conquistas, que está nos preocupando, como por exemplo, na área de turismo, diversos eventos estão deixando de serem realizados como o nosso Rodeio, que no ano passado, não aconteceu. Estamos perdendo as nossas referências”, destacou Rafael citando a cidade de Palmas, que desenvolveu um belo projeto “Palmas do Futuro”, onde diversas metas foram traçadas com compromisso de representantes municipais, estaduais e federais. “É isso que nós precisamos para a nossa cidade, compromisso e planejamento”.

          Emiliano Gomes usou a palavra para pedir atenção especial do Executivo à Associação Universitária Iratiense. “Os estudantes vêm lutando desde 2013, quando houve a formalização da AUI, que hoje conta com mais de 300 alunos que se descolam as cidades de Guarapuava, Ponta Grossa e União da Vitória. Antes de declarar de Utilidade Pública a Associação, tivemos que formalizar o Projeto de Lei nº 024/2013, que previa a redução do prazo para um ano para concessão do título de utilidade pública às entidades. No ano passado, após o período de um ano, formalizamos o Projeto de Lei nº 039/2014, que declarou de Utilidade Pública no Município a AUI. O projeto foi aprovado, por unanimidade nesta Casa e sancionado pelo executivo. E agora já com todas as documentações necessárias e se espelhando em diversos municípios vizinhos e outras cidades, que já dispõem do subsídio para o transporte é que pedimos encarecidamente ao executivo, estudos para que se coloque em prática tal auxílio. Podemos começar com 10 ou 20%, mas esta contrapartida é fundamental, pois não se faz educação de qualidade sem investimentos”. Gomes destacou o período crítico em que vive a educação do Estado do Paraná e pediu para que a administração aproveite o momento e ofereça aos filhos de Irati, melhores oportunidades e estrutura. “Esta contrapartida é o sonho de muitos estudantes. Peço ao executivo, em nome de todos os membros da AUI, para que possamos realizar uma reunião e analisar as possibilidades do referido auxílio, que vai com certeza fazer a diferença”. Citou ainda a frase de Nelson Mandela, “a educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo”. Antes de concluir, Emiliano ainda destacou e parabenizou a apresentação dos artistas iratienses da Banda Rádio Radar a nível nacional. “São anos de profissionalismo e história, a participação no programa foi mais do que justa e merecida. São filhos de Irati e a nossa cidade está sendo representada a nível nacional, um grande orgulho para todos. Vamos continuar votando, a próxima apresentação será no dia 10 de maio”.

           O Presidente da Casa, Vilson Menon, em nome de todos os vereadores agradeceu ao Nivaldo Bartoski pelo período que esteve no Legislativo, trazendo suas experiências e conhecimentos. Sobre o Programa Vivendo nos Bairros, citado pelo vereador Rafael Lucas, Menon lamentou a falta de visão da administração, pois trata-se de um programa fundamental para a prevenção da violência, resgate da cidadania e melhoramento do convívio familiar.

 

(Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Irati)

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

NAVEGUE AQUI