Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Vereadores aprovam Decreto Legislativo que autoriza licença ao Prefeito Municipal

Vereadores aprovam Decreto Legislativo que autoriza licença ao Prefeito Municipal

por Administrador publicado 03/11/2016 11h15, última modificação 04/11/2016 10h48
O Decreto Legislativo nº 006/2016 autoriza o prefeito municipal Odilon Rogério Burgath a licenciar-se do cargo no período de 04 de novembro a 04 de dezembro deste ano
Vereadores aprovam Decreto Legislativo que autoriza licença ao Prefeito Municipal

O vereadores aprovaram requerimento que solicita melhorias urgente nas vias do bairro Vil Nova

   Na Sessão Ordinária do dia 31 de outubro, três novos Projetos de Lei do Executivo, além de um requerimento do Legislativo, foram lidos no Expediente. Na Ordem do Dia,  quatro projetos foram apreciados e aprovados.  

    O vereador Valdenei Cabral da Silva requereu ao Executivo, a realização, com urgência, de melhorias nas ruas do bairro Vila Nova, em especial na Rua Santa Luzia, que está intransitável. “Sabemos que a atual gestão está em fase de conclusão dos trabalhos, mas a população do referido bairro merece e precisa destas melhorias ainda este ano, pois as vias encontram-se bastante precárias, impossibilitando a passagem segura de veículos e pedestres”.

   Considerando o ofício encaminhado pelo executivo, onde o prefeito solicitou licença do cargo para tratamento de saúde, os vereadores aprovaram por unanimidade de votos em única votação o Decreto Legislativo nº 006/2016, que autoriza o prefeito municipal Odilon Rogério Burgath a licenciar-se de seu cargo no período de 04 de novembro a 04 de dezembro deste ano.

    O vereador Emiliano Gomes, mesmo aprovando o pedido do prefeito, evidenciou sua preocupação. “Sabemos que se trata de licença para tratamento de saúde, mas tal pedido vem em uma fase preocupante de transição. Espero que este afastamento não prejudique a população e a futura equipe, que já está trabalhando e que a transição de governo seja realizada com sucesso”.     

    Além da votação do Projeto de Decreto Legislativo, foi aprovado em segunda votação o Substitutivo ao projeto de lei nº 118/2016 que autoriza o Executivo a abrir crédito adicional especial na importância de até R$ 5.000,00. Em primeira votação foram aprovados os Projetos de Lei nº 124/2016, que autoriza o Executivo a abrir crédito adicional suplementar na importância de até R$ 118.000,00; nº 129/2016, autoriza o Executivo a abrir crédito adicional suplementar na importância de até R$ 50.000,00 e o nº 134/2016, que institui o Sistema Único de Assistência Social do Município de Irati –PR/SUAS. Do Legislativo foi aprovado o Substitutivo ao PL nº 023/2016, de autoria do vereador Emiliano Gomes, o qual proíbe o fumo dentro de veículos automotores que estiverem transportando crianças, no âmbito do Município de Irati.

PALAVRA-LIVRE

    O vereador Mário Cordeiro chamou a atenção para a conscientização, prevenção e o combate ao câncer de próstata, representando a campanha Novembro Azul. Cordeiro solicitou atenção e ação da Secretaria Municipal de Saúde, para que campanhas de orientações sejam realizadas neste importante mês. Ainda segundo Mário, de acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia (SUB), o câncer de próstata é ainda mais incidente que o câncer de mama das mulheres, “porque a maioria dos homens ainda se mostra bastante resistente quando o assunto é cuidar da saúde e, portanto, convencê-los de que a prevenção é o melhor caminho para viver mais e melhor é um desafio que atravessa gerações. Nós homens precisamos nos unir, assim como as mulheres fizeram na campanha Outubro Rosa”.

    Emiliano Gomes citou mais uma vez a preocupação em relação ao afastamento do prefeito municipal justamente neste importante período de transição em que a nova equipe já está em fase de adaptação. Destacou também as visitas que têm feito ao interior do município. “As comunidades rurais continuam com muitas dificuldades de acesso, as reclamações são inúmeras, inclusive de que algumas estradas deixaram de existir por falta de manutenção”, afirmou Gomes dizendo que os próprios moradores fizeram comparações de anos passados. “Nas décadas de 60, 70 as estradas eram conservadas com muita organização e controle. Os maquinários eram de baixa tecnologia, mas os trabalhos funcionavam e a própria população fiscaliza as atividades, era um trabalho em conjunto que trazia resultados”. Ainda sobre a licença do prefeito, antes de concluir, Emiliano pediu muita cautela ao executivo em relação as empresas terceirizadas Fintel e Elotech. “Não queremos ouvir secretário de finanças dizendo que um raio queimou todo o servidor e os dados e informações de prestação de contas foram perdidos, como já ocorreu em mandatos passados”, concluiu.  

Acompanhe a Sessão Ordinária completa, com os discursos dos parlamentares na íntegra no site www.irati.pr.leg.br através do ícone “Sessões Gravadas”.

 (Assessoria Câmara Municipal de Irati)

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

NAVEGUE AQUI