Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / PL que cria Departamento de Ações Comunitárias tem pedido de vistas aprovado

PL que cria Departamento de Ações Comunitárias tem pedido de vistas aprovado

por Administrador publicado 25/09/2015 11h09, última modificação 25/09/2015 11h09

           Encerramento das atividades do Colégio São Vicente de Paulo e eleição para Conselheiros Tutelares do município, marcam Sessão Ordinária do dia 21 de setembro, que dispôs da leitura de quatro novos projetos de leis do Executivo e três Substitutivos, que compreendem a Lei Orçamentária Anual – LOA, além de seis requerimentos do Legislativo.

ORDEM DO DIA

         Os vereadores aprovaram em segunda votação o projeto de lei nº 084/2015, que aumenta número de vagas para o cargo de enfermeiro. Em primeira votação, o PL nº 087/2015, que altera o art. 14 da Lei Municipal 2176/2004, que dispõe sobre a Estrutura Administrativa da Prefeitura do Município, teve pedido de vistas solicitado pelo Vereador José Renato Kffuri aprovado. Votaram contra o pedido de vistas, os vereadores Emiliano Gomes, Hélio de Mello e Rafael Lucas. Gomes declarou seu voto contrário, criticando o Executivo, que além de não atender os pedidos feitos pelo Legislativo, pretende gerar mais despesas. “Isso é um deboche com o Legislativo, um mecanismo político, criado para promover ações comunitárias. É uma vergonha”.

         O Projeto de Lei nº 091, que altera o Art. 2º e art. 3º da Lei nº 3822/2014 foi aprovado, mas gerou embates entre os parlamentares. Os Vereadores Rafael Lucas e Emiliano Gomes declaram seus votos contrários por não concordarem com o auxílio moradia dos profissionais, que atuam no “Programa Mais Médicos” do Governo Federal. “Nós cidadãos comuns não temos direito a auxílio do Estado, além disso, o valor citado no projeto está acima da realidade média da população brasileira”, salienta Lucas. O líder do prefeito, Alceu Hreciuk defendeu os médicos, que atuam no Programa. “Quanto custa hoje um médico brasileiro contratado pela secretaria de saúde, e quais se submetem a trabalhar no interior?”, questiona Hreciuk. Já o Presidente da Casa, Vilson Menon pediu abstenção da votação, para melhor análise. “Não sou nem contra e nem a favor, pois ainda não conheço a realidade das demais cidades. Vou buscar mais informações em relação ao Programa para a próxima votação”.

            Também foram votados e aprovados os Projetos de Lei nº 092/2015, de Crédito Adicional Especial na importância de até R$ 16.000,00; nº 093/2015, Crédito Adicional Especial na importância de até R$ 120.000,00; 094/2015, que autoriza o Executivo Municipal a conceder premiação ao 5º Concurso “Irati em Imagens – Fotos 2015” e o nº 095/2015, que autoriza de crédito adicional especial na importância de até R$ 6.000,00.

PALAVRA-LIVRE

           José Renato Kffuri citou as melhorias que estão ocorrendo na área de saúde, elogiando o trabalho dos funcionários. Kffuri também cobrou do Executivo, em nome da população, a reativação do Trem do Parque Aquático.

           Hélio de Mello lamentou o encerramento das atividades do Colégio São Vicente de Paulo, que hoje dispõe de 600 alunos, solicitando ajuda aos colegas de Casa, para que através de seus representantes, mobilizem o Governo do Estado, mostrando a importância deste Educandário histórico de tradição e respeito na cidade.

TRIBUNA

          O Assistente Social, Denis Cesar Musial, discorreu sobre a eleição dos Conselheiros Tutelares, que ocorrerá no próximo dia 4 de outubro. “Todos os cidadãos podem votar, desde que apresentem um documento com foto e o título de eleitor”. Conforme Denis, ao votar, o cidadão estará contribuindo para ampliação e  implementação de políticas públicas voltadas à crianças e adolescentes.

 

Acompanhe a Sessão Ordinária completa, com os discursos dos parlamentares na íntegra no site www.irati.pr.leg.br através do ícone “Sessões Gravadas”.

 

 (Assessoria Câmara Municipal de Irati)

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

NAVEGUE AQUI