Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Câmara outorga Título de Cidadania Honorária ao Maestro João Wilson Faustini

Câmara outorga Título de Cidadania Honorária ao Maestro João Wilson Faustini

por Rafaella Maier publicado 12/07/2017 11h25, última modificação 12/07/2017 11h24
“Maestro, o senhor fez da sua vida uma grande orquestra e a dividiu com aqueles por onde passou. É um grande homem, que oferece oportunidades e a valorização do ser humano, curando doenças com o remédio chamado Coral Gaudeamus In Domino”, destacou Roni Surek
Câmara outorga Título de Cidadania Honorária ao Maestro João Wilson Faustini

Vereadores junto com o homenageado

     Uma noite de gala de cultura e arte, assim foi a Sessão Solene realizada no dia 10 de julho pela Câmara, que contou com a entrega de Título de Cidadania Honorária ao Maestro João Wilson Faustini, que muito fez por Irati desenvolvendo sua missão através da música, “a linguagem universal que une os povos”. A entrega do Título, que integra parte das comemorações dos 110 anos de Irati, foi realizada pelo proponente da honraria, vereador Roni Surek juntamente com o prefeito municipal, Jorge Derbli.

   Antes de dar início as homenagens, o Coral Gaudeamus In Domino, regido pelo Maestro João Wilson Faustini realizou uma bela apresentação, abrilhantando ainda mais a solenidade. O proponente do título, Vereador Roni Surek cumprimentou o homenageado e a sua esposa Rosy Estela Egg Faustini, agradecendo aos vereadores que aprovaram a proposição por unanimidade de votos.  Na sequência, Roni convidou o seu irmão Rogério Pampuch Surek, que é Presidente da Associação Coral Iratiense – ACI e membro do Coral Gaudeamus In Domino para fazer a leitura do vasto currículo do homenageado da noite.

   “Maestro, cantor, compositor, organista, tradutor e pastor. Desde sua vinda para Irati, em 2006, o maestro João Wilson Faustini tem incentivado e ajudado voluntariamente a formação de corais ensaiando e regendo em diversas apresentações. No ano de 2016 foi homenageado pela ALACS (Academia de Letras e Artes do Centro Sul do Paraná) com o troféu Colmeia de Ouro”. Rogério agradeceu ao vereador Roni por ter acatado a sugestão de homenagear o Maestro e aos demais vereadores por aprovarem esta merecida honraria. “Não tem como falar do criador sem falar da criatura. Esta homenagem recebida se deve ao brilhante e árduo trabalho cultural que o Maestro vem realizando a frente do Coral Iratiense. Tenho pelo Maestro e sua esposa um carinho de filho, assim como os demais membros, um amor para vida toda, que vem do coração e brota, parabenizo o Maestro por esta honraria que é mais do que merecida”.

  Emocionado, o proponente Roni Surek agradeceu ao seu irmão e parabenizou mais uma vez o homenageado. “Maestro, o senhor fez da sua vida uma grande orquestra e a dividiu com aqueles por onde passou. É um grande homem, que oferece oportunidades e a valorização do ser humano, curando doenças com o remédio chamado Coral Gaudeamus In Domino”, agradeceu Surek dizendo: “quem canta seus males espanta e o coral nos encanta”.

   Lisonjeado, o homenageado Maestro Faustini agradeceu a honraria proposta. “Graças a Deus temos pessoas nesta cidade que estão percebendo que a arte é necessária, pois é através dela que aprendemos a viver e a conviver melhor. As pessoas que cantam e tocam instrumentos raramente terão uma arma. Quem canta aprende a disciplina e recebe elementos que podem usados na sociedade, na vida e nos relacionamentos, a arte é necessária. Precisamos plantar novos talentos, descobri-los e proporcionar o treinamento e assim teremos um amanhã melhor. A música constrói caráter, personalidade e nós oferece a capacidade de poder organizar a vida”, destacou João Wilson compartilhando os seus três sonhos que nasceram em Irati. “O primeiro era ter um coral bom, desenvolver pessoas talentosas, que podem fazer a diferença na cidade, uma família unida; o segundo era a instituição da Associação Coral Iratiense, com pessoas engajadas de mãos firmes para desenvolver a música na comunidade e o terceiro que também já está sendo realizado é o congraçamento dos cristãos”,  afirmou o homenageado dizendo: “Não nasci aqui, mas eu amo Irati”, finalizou Faustini deixando uma frase: “Se me ajuda prefeitura quero ser bom cidadão, e na arte e na cultura, quero dar a minha mão”.

    O prefeito Jorge parabenizou o homenageado. “ Irati só tem a ganhar com o senhor aqui, e a prefeitura está estendo a mão ao Coral”, salientou o prefeito afirmando que a administração está ajustando uma nova contratação de convênios, o Coral está incluso e deverá receber em breve subvenção, que vai ajudar nas despesas mensais. “A cultura de Irati está em festa por ter no município o Maestro e este belo Coral”, agradeceu Jorge em nome do povo de Irati, “muito obrigado”.

   O Presidente Helio de Mello também agradeceu o homenageado registrando que a homenagem representa o reconhecimento dos cidadãos iratienses aos elevados serviços prestados pelo João Wilson Faustini, não só no âmbito da música, da arte e da cultura, mas também com a realização de outras atividades que orgulham, engrandecem e visam o bem comum da população, sendo exemplo para a nossa comunidade.

 (Assessoria Câmara Municipal de Irati)

 

 

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

NAVEGUE AQUI